Altos Papos

Bahia chega a três mortes e 190 casos da variante Delta

A Bahia chegou a três mortes e 190 casos da variante Delta. Mais 55 casos foram detectados após análises da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os casos foram detectados em 47 municípios, com maior número de casos em Salvador (39), Pé de Serra (19), Lauro de Freitas (12), Bonito (11), Feira de Santana (9), Baixa Grande (7), Riachão do Jacuípe (7), Ilhéus (7), Camaçari (6) e Nova Fátima (6).

A variante Delta já é predominante nos sequenciamentos genéticos do coronavírus feitos na Bahia (leia mais aqui). De acordo com a secretária da Saúde em exercício, Tereza Paim, a cepa predomina no espalhamento do vírus no estado. “Hoje ela é quase 100% predominante no sequenciamento que nós fazemos, seja ele aleatório, seja ele o caso da UTI, seja ele algum óbito. E isso nos preocupa”, disse a secretária nesta quinta-feira (21). A preocupação sinalizada pela secretária está principalmente naqueles municípios que tem avançado de forma mais lenta na vacinação contra Covid-19. “A gente tem aí o Extremo Sul que tem nos preocupado bastante em relação a disseminação do vírus. E por isso estamos sendo muito incisivos com a vacinação. As pessoas precisam se cuidar e os gestores precisam cuidar das pessoas”, defendeu.

Além da Fiocruz, o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) também tem feito sequenciamento no estado. De acordo com a diretora geral da unidade, Arabela Leal, a atenção está concentrada nas amostras provenientes de municípios com aumento do percentual de casos. O Lacen-BA analisou amostras de mais de 200 municípios dos nove Núcleos Regionais de Saúde.

Adicionar comentário

Sigas nas Redes Sociais