Altos Papos

Rafael Portugal perde R$ 1,2 milhão em esquema de bitcoin

O humorista Rafael Portugal e sua esposa, Vanelli Portugal, caíram em um golpe milionário de quase R$ 1,2 milhão em uma empresa que dizia fazer trading de Bitcoin, ou seja, investia na criptomoeda. As informações são do colunista Leo Dias, do Metrópoles.

A polícia federal descobriu, através da Operação Kryptus, que tudo não passava de um esquema de pirâmide. O casal processa a empresa responsável pelo acordo, a GAS Consultoria Bitcoin, e pede a devolução de todo o dinheiro investido.

De acordo com a publicação, o casal investiu mais de R$ 1,2 milhão em valores atualizados. Foram realizados seis aportes, de agosto de 2020 até março de 2021. Os contratos tinham uma cláusula que garantia que 10% do lucro do valor aportado seria repassado ao casal mensalmente.

A empresa tinha sede em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O dono, Glaidson Acácio dos Santos, de 38 anos, disse em um vídeo, semanas antes de ser preso, que Cabo Frio era o Novo Egito, devido a disputas de pirâmides que supostamente existiriam na cidade. Ele ainda afirmava que a empresa prestava apenas serviços de consultoria.

A Polícia Federal descobriu que as empresas envolvidas no esquema movimentaram cerca de R$ 2 bilhões nos últimos 6 anos. Glaidson, agora também conhecida como o Faraó do Bitcoin, que já trabalhou como garçom, de repente virou o dono de organizações que, juntas, valem cerca de R$ 136 milhões.

Adicionar comentário

Sigas nas Redes Sociais